terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Do Poder do Inconspícuo

-
O mole vence o duro.
O vácuo penetra o pleno.
Nisto se revela a poderosa atuação
Do não-agir.
Entretanto:
Poucos homens, aqui na terra, sabem
Do segredo do ensinamento sem palavras
E do poder do agir
Pelo não-agir.

Explicação: Ensinar sem palavras, agir sem atividade – são, certamente, flagrantes absurdidades para qualquer profano, sobretudo para os profanos eruditos, como se falássemos de um circulo quadrado, de uma trava luminosa, de uma vacuidade plena. Os iniciados, porém, sabem, em silenciosa sapiência, que ensinar sem palavras e agir sem atividade representa a maior potencia do Universo; é o falar e o agir da própria Divindade.

É o wu-wei de toda a filosofia chinesa. Trata-se de uma poderosa atitude sem atos, duma vacuidade-plenitude, dum silêncio sonoro, dum tudo-nada, que não é objeto de análise, mas de profunda intuição.

O valor de qualquer ato externo depende essencialmente da intensidade da atitude interna.
-
Lao-Tse_Tao Te King