quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Provérbios do Saber Judaico

Alguns provérbios da sabedoria judaica, organizados por Arnaldo Niskier:

ð       Dentes: se não podes morder, é melhor não mostrar os dentes.

ð       Aprender: aprendi muito com os meus mestres, mais com os meus companheiros, e mais ainda com os meus alunos.

ð       Águia: uma águia não caça moscas.

ð       Benção: as bênçãos são bênçãos para que abençoa, e as maldições são maldições para quem amaldiçoa.

ð       Conteúdo: não olhes a jarra, mas o que ela contém. Há jarras novas que contêm vinho velho e delicioso, e há jarras velhas que nem sequer contêm vinho novo.

ð       Elogia: quando você vive bastante, é acusado de coisas que nunca fez, e elogiado por virtudes que nunca teve.

ð       Geração: bem aventurada a geração em que o grande aprende com o pequeno.

ð       Honra: não é o lugar que honra o homem, mas o homem que honra o lugar.

ð       Calúnia: a língua que calunia mata três pessoas ao mesmo tempo: a que profere a calunia, a que escuta, e a pessoa sobre a qual se fala.  
  
 -
Contos do Alquimista_ Paulo Coelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário