segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

O Ciclo do Ser e do Existir

-
Tudo que Existe egressa do Ser
E regressa ao Ser.
O Ser é o Insondável Tao.
Das profundezas do Ser
Nascem todos os seres que existem
O Ser, porém,
É o abismo do Não-existir.

Explicação: O Ser é eterno, sem principio nem fim. É Brahman, a Divindade, o Infinito, o Uno. Mas é da intima natureza do Ser manifestar-se sempre de novo em existir, assim como o Uno se revela no Verso, o Infinito no  Finito.

Quando o Finito egride do Infinito, falamos em ‘nascer’ – quando ele regride à sua origem, falamos em ‘morrer’.

Nascer e morrer não são princípios nem fins, são apenas etapas evolutivas na base do eterno Ser. São como ondas que se erguem e recaem no seio do mar.
-
Lao-Tse_Tao Te King