sexta-feira, 16 de abril de 2010

Conhecimento Secreto


Sempre houve lendas e tradições acerca do conhecimento secreto. Nas raízes da maioria das religiões há alguma forma de conhecimento secreto, uma ‘gnose’ ou compreensão interior que pode ser alcançada e mesmo prometida, como nas Alianças da Tora.

Em sociedades e lojas secretas há um outro tipo de conhecimento secreto [palavras, sinais, símbolos e tradições] que pode aparecer em forma escrita mas ter significado adicional transmitido privativamente. Os ensinamentos dessas sociedades secretas são mais bem descritos como ‘privados’ do que secretos.

O buscador ingênuo do conhecimento secreto talvez espere encontrar algum fato ou fórmula mágicos, algo específico e objetivo que possa ser apreendido e memorizado. Mas a característica primordial de uma ‘gnose’ é que ela não pode ser transmitida; é tida como inefável. Trata-se de uma compreensão que não pode sr transmitida fisicamente de uma pessoa para outra. Assim mesmo, é passível de ser alcançada, comprovada e descoberta individualmente.

Além disso, há métodos e planos que levam a esta descoberta. Mas esses ensinamentos são geralmente venerados e preservados em sociedades primitivas, esotéricas. A tradição normalmente encerra a idéia de que este conhecimento, e quaisquer ensinamentos que levem à sua descoberta, devem ser ocultos a pessoas indignas e contra elas protegido. Buscadores dignos são iniciados e conduzidos ‘passo a passo na senda’. Rituais graus iniciáticos, nestas ordens, dramatizam os passos e favorecem a descoberta.

Entretanto, o grande segredo é que: NÃO HÁ NENHUM SEGREDO; que este conhecimento absolutamente não é de fato secreto! Está à disposição de olhos capazes de ver e ouvidos capazes de ouvir. Apesar de seu suposto sigilo, muito se tem falado e publicado sobre esse conhecimento, abertamente, porém, ele anda permanece irrevelado.

À luz disto, consideremos as muitas afirmações enigmáticas da escritura cristã e de outras escrituras sagradas. Estas afirmações também são para os iniciados. Sem a chave, sem o progresso pessoal preliminar, elas permanecem indecifráveis. Com a chave, são surpreendentes,afirmações impressionantes que refletem uma compreensão radicalmente diferente. Assim, esse conhecimento é secreto somente neste estranho aspecto, protegido pela sua própria natureza arcana, e pela nossa falta de evolução.

É fácil [como neste artigo] continuar falando muito ‘sobre’ esse conhecimento secreto, mas isto é como ‘falar sobre a água – não mata a sede’. Melhor seria dizermos: “Aqui está o caminho da fonte, onde você tem de aprender a beber por si mesmo”.
_
[Texto de Edgar Wirt]

Nenhum comentário:

Postar um comentário