sábado, 27 de março de 2010

Riqueza Mental


TODO MUNDO É RICO...alguns sabem disso, outros não. O Dr. Napoleon Hill, autor do ‘beste-seller’ Pense e Enriqueça, sugeriu que, ‘tanto a pobreza quanto a riqueza são produtos do pensamento’. Realmente, a pobreza é uma condição da mente e não da bolsa. Mas a riqueza também é uma condição da mente. O que se torna claro mediante um exame dessas premissas; é que a pessoa adquire uma compreensão melhor das dicotomias rico/pobre, riqueza/pobreza, abundancia/miséria, compreendendo melhor a consciência.
-
Na última década, muito têm sido aprendido e escrito sobre a consciência em função de novas descobertas quanto ao funcionamento do cérebro. Foi descoberto que os hemisférios cerebrais esquerdo e direito funcionam de maneira completamente diferente...como se fôssemos dois indivíduos separados num só. Talvez a dualidade da consciência humana, reconhecida em todos os tempos por filósofos, poetas, místicos e teólogos, seja mais prontamente aceitável para a ciência natural devido à nova demonstrabilidade desse fato.

Em termos gerais, parece que na maioria das pessoas o hemisfério esquerdo é responsável pela linguagem evocativa e funciona cognitivamente bem à maneira de um processador de dados computadorizado que emprega raciocínio lógico, análise seqüencial de dados, e fechamento ou conclusões a cada passo. O hemisfério direito, na maioria dos indivíduos, funciona mais como um receptor de impressões sensoriais, não raciocina em passos lógicos mas percebe de modo holístico, suspendendo o julgamento enquanto explora uma infinidade de possibilidades. A compreensão obtida pelo método do hemisfério direito não se presta a análise lógica e por isso tem sido rejeitada, depreciada ou ignorada pela ciência moderna, racional e vernal. Hoje está sendo mostrado que seu estilo noético mas não-verbal não é apenas essencialmente valioso mas pode até ter um valor extraordinário.

Pesquisas recentes têm demonstrado que aquilo que costumava ser atribuído ao “inconsciente” é na verdade consciência não-verbal do hemisfério direito do cérebro. Além disso, aquilo que tem sido citado como ‘insight’, palpite, intuição, telepatia, precognição, talento, sagacidade, pensamento original, pensamento criativo, imaginação, consciência, pré-ciência, visão psíquica, a ‘sutil e silente voz interior’ – ou depreciativamente como alucinações, fraudes, processos primários, hipnogogia, confabulação, ou pensamento primitivo – funciona através da cognição do cérebro direito ou pode ser atribuído a ela.

Será que o terceiro olho é realmente cego nos indivíduos modernos porque o córtex de sua cognição tem sido negado ou desprezado pela ciência material? Talvez, se o órgão de percepção tem um vestígio no tecido pineal, então o órgão de conscientização esteja atrofiado no córtex do hemisfério direito.


CONSCIÊNCIA E RIQUEZA
Que é que isso tudo tem a ver com riqueza? Vejamos se conseguimos fazer uma conexão. Será que as descobertas da consciência são mais valiosas do que as descobertas ou a acumulação de riqueza material? O Homem mais rico do mundo não passa seu tempo quantificando sua riqueza. Numa entrevista, perguntaram ao arquimilionário H.L.Hunt quanto ele valia e ele respondeu:”se você sabe quanto vale, então não vale muito”. Talvez qualquer coisa que se possa constar [quantificar] não valha a pena. Se escutamos atentamente as conversas das pessoas sobre a riqueza, podemos notar que só aquelas que sentem falta da riqueza ou abundância falam de quantidades. Aqueles cujas quantidades são superabundantes falam de qualidades.

Como estudantes das Leis Universais, aprendemos a usar a lei cósmica para enriquecer nossa vida e a vida daqueles que amamos, a recorrer ao Cósmico para satisfazer nossas necessidades, e a compartilhar nossas bênçãos com os outros a fim de melhorar o estado geral do nosso ambiente. Mas é útil reiterarmos esses princípios em termos que possam ser facilmente aplicados na vida diária, tendo em mente que não há limite ou deficiência no Cósmico mas somente em nossa consciência, e que não há limite ou deficiência em nossa consciência do hemisfério direito mas somente do esquerdo [que funciona como um sistema de redução que nos permite focalizar nossa atenção], consideremos um método que nos permita livre e direto acesso à fonte cósmica de abundância.

MÉTODO PARA CONSEGUIR ABUNDÂNCIA
O seguinte método é totalmente consistente com as técnicas de concentração e visualização, embora, para fins desta exposição, ele seja interpretado em termos de cognição de cérebro esquerdo e direito.

PASSO 1_ Relaxe. Aprenda a relaxar por algum treinamento especial, d ‘biofeedback’, ou, melhor ainda, pela prática regular do exercício de concentração nas partes do corpo. Não podemos ter acesso à cognição do cérebro direito em estado de tensão.

PASSO 2_ Tenha alguma musica suave no ambiente e pratique respiração profunda e descontraída. Como o hemisfério esquerdo do cérebro não pode ‘ouvir musica’, o uso de uma música suave e agradável [sem cantar] estimula o córtex direito e silencia o esquerdo.

PASSO 3_ Concentre-se e visualize. A concentração pode ser descrita como o uso do cérebro esquerdo para iluminar o tema desejado, como se ele fosse uma lanterna. Visualizar o resultado almejado sob a focalização do cérebro esquerdo estabelece um padrão a que a solução possa se ligar quando for projetada do hemisfério direito no próximo passo.

PASSO 4_ Continue descontraído ou relaxado e não pense em nada. Apenas desfrute o prazer do repouso ou deixe-se adormecer. Neste estágio o cérebro direito desperta e a solução gravita para a interface cérebro direito/cérebro esquerdo [o corpus callosum]. Quando você acordar, ou algum tempo depois de voltar à consciência normal, a solução saltará para a consciência do cérebro esquerdo, onde poderá ser trabalhada.

PASSO 5_ Crie alguma coisa: um poema, uma pintura, uma canção um provérbio. Aqui o truque está em permanecer em estado de aceitação e não-julgamento até que tenha captado o pensamento [grave-o ou anote-o imediatamente]. Você deve tomar muito cuidado para não analisar, avaliar, criticar, ou elaborar sua criação neste ponto, porque isso acabaria sendo ‘um contrato de assassinato da criação com o cérebro esquerdo’. Só resultaria em rejeição prematura de sua criação.

PASSO 6_ Depois de ter captado a idéia, você pode analisá-la e determinar como colocá-la em prática para o seu objetivo. Todas as invenções, criações artísticas, pensamentos originais, ‘insights’, palpites, intuições, etc., chegam em nossa consciência de despertar. A prova de que o cérebro esquerdo não pode chegar a essas soluções por meio de raciocínio é que o computador [que é o programado com a lógica do cérebro esquerdo] é incapaz de pensamento original ou ‘insights’.

APRENDENDO A CONSCIÊNCIA DA RIQUEZA
George Clason declarou ousadamente no frontispício de seu livro clássico, ‘O Homem mais Rico da Babilônia’, que ‘uma bolsa magra é mais fácil de curar do que de suportar’. Mas, para encontrarmos a cura, é necessário examinarmos as leis da mente consciente que podem ser empregadas para atrair saúde, riqueza, alegria, e uma qualidade superior de vida. Para a nossa mente, as únicas coisas que existem são as que percebemos em nossa consciência. Assim, nosso ambiente consciente consiste totalmente de nossas percepções ou sensações. O reconhecimento deste fato nos permite aprender a aplicar ‘consciência de riqueza corretiva’ as nossas circunstâncias.

As qualidades de nossa realidade são determinadas por nossas atitudes para com nossas percepções. Por exemplo, a cor ‘vermelho’ só existe como um produto de nossa percepção de uma faixa extremamente estreita de vibração do infinito Teclado Cósmico, modificada por nossa atitude para com ela no momento da percepção. É assim que sentimos vermelho intenso/pálido, vermelho bonito/feio, vermelho quente/frio, etc., cada qual refletindo nosso julgamento de uma faixa de vibração. Em outras palavras, a realidade consiste em percepção amplificada por atitudes.

Costuma-se dizer, ‘alegria de um, tristeza de outro’. Uma coisa que é jogada no lixo por uma pessoa pode ser reverenciada como uma antiguidade valiosa por outra. De fato, valores geralmente aceitos estão sempre mudando em função das atitudes de grupos dominante. Os economistas referem-se à lei de ‘oferta e procura’ como um principio, e ‘economistas do lado da oferta’ como uma aplicação dessa lei. Eles não compreenderam que a oferta e procura são na realidade o efeito quantitativo de atitudes de grupos oscilantes. A economia mundial é determinada por atitudes oscilantes e não pela manipulação de quantidades.

ATITUDE E SAÚDE
Para testar esta hipótese, pense numa coisa que você desejou muito mas não podia ter na época e que não quer mais. Em sua atitude anterior você teria pago uma fortuna por ela, ao passo que em sua atitude atual você talvez não a aceite nem de presente. No entanto, o objeto deste teste hipotético absolutamente não mudou suas características.

Na época atual, de rápidas viradas tecnológicas, este ponto é ainda mais drástico. Por exemplo, você compra um novo equipamento de som e, dois meses depois, surge no mercado um modelo mais avançado. Se você tivesse de fazer hoje uma decisão de compra, não optaria pelo seu. Que mudou? Certamente o equipamento que você comprou não é diferente em suas características essenciais. Mas sua atitude foi influenciada pela maneira como o modelo novo, mais avançado, desvaloriza o modelo anterior. Portanto, no mundo material, estarmos satisfeitos com alguma coisa por seu valor intrínseco ao invés de seu valor relativo é um passo para a riqueza.

Os místicos tem sugerido ao longo dos tempos que o Cósmico vivencia a diversidade através da criação tal como ela se reflete na consciência humana. Como não há dois flocos de neve, dois grãos de areia ou dois átomos exatamente iguais, talvez comparação [medição] seja um passo para a pobreza, ao passo que a apreciação de singularidade seja um passo para a riqueza.

DICOTOMIAS
RIQUEZA=CÉREBRO DIREITO # POBREZA=CÉREBRO ESQUERDO

Autoconfiança # Hesitação
Segurança # Dependência/insegurança
Auto-aceitação # Auto-rejeição
Auto-estima # Autodepreciação
Saúde # Doença
Amor # Ódio
Sabedoria-compreensão # Ignorância
Sanidade # Demência
Felicidade-alegria # Tristeza
Coragem # Covardia
# Ceticismo
Gratidão # Ingratidão
Generosidade # Avareza
Otimismo # Pessimismo
Prazer # Dor
Descontração # Tensão/stress
Alegria # Depressão/suícidio
Exaltação # FRustração
Prosperidade # Adversidade
Paz # Ansiedade
Humor # Raiva.

Para maior clareza, consideremos a lista acima, de dicotomias, em sua correlação com a consciência da riqueza segundo a teoria cérebro esquerdo/cérebro direito.

Essa lista de dicotomias pode servir como uma lista d checagem rápida para examinarmos nossas atitudes diárias e conseguirmos uma avaliação de nossa consciência de riqueza.

DICAS PARA DESPERTAR A CONSCIÊNCIA DA RIQUEZA
Aplicando as dicas abaixo ao nosso processo de pensamento, podemos estimular nossa consciência de riqueza e estabelecer medidas corretivas quando necessário:

1_ Qualquer que seja nossa condição, somo livres para escolher nossa própria atitude em qualquer situação. Assim,uma característica essencial da verdadeira riqueza é a posse de nossa própria atitude.

2_ Rótulos refletem atitudes de grupo e são indicações que podem influenciar nossa valoração de nosso ambiente. Não permitindo a outrem o poder de definir nossa realidade pessoal, conquistamos mais um degrau da verdadeira riqueza.

3_ Se você quer ser sábio, ‘conhece-te a ti mesmo’. Acreditar que você é apenas o corpo é um passo para a pobreza e você vai gastar todos os seus recursos tentando preservar o corpo. Vai considerar a saúde a maior de todas as riquezas. Na falta de saúde você daria todas as suas posses para recuperá-la.

4_ Se você quer ter sucesso, ‘seja você mesmo’. Se você sabe que é um passarinho, de nada lhe serve tentar tornar-se uma cobra. Você vai falhar. Se você é um pêssego, é infrutífero tentar tornar-se uma maçã. Assim, auto-aceitação é um passo para a riqueza.

5_ Se você quer ser rico, ‘valorize a si mesmo’. Você é a única coisa que sempre terá, o tempo todo. Seu EU REAL é você antes do nascimento e depois da transição, quando todas as coisas materiais ficam para trás, inclusive o corpo. Você pode levar a verdadeira riqueza com você.

6_ Conte suas bênçãos. Todo mundo tem algum talento singular. Pesquise o arquivo de sua consciência para determinar seu estado de riqueza. Seu ambiente é apenas um reflexo de seus recursos e atributos interiores.

7_ Decida ganhar dinheiro para os outros e ganhará para si mesmo. Faça 10% mais do que o esperado e sua receita cuidará de si mesma. Imagine se fosse costume os trabalhadores prometerem produzir mais em troca de aumento de salário: ‘Eu aumento minha produção em 15%, se você me der 13,5% de aumento’. Faça uma oferta que seu empregador não possa recusar. Você tem de dar alguma coisa para conseguir alguma coisa. Todo mundo ganha. Fazer diferente disso é roubar. Ao contrário disso, ameaçamos entrar em greve se não conseguimos 10% de aumento, e quando o contrato provocado pela greve é implantado, a produção cai em 15%. Além disso, no dia do pagamento, o trabalhador compra coisas num mercado que astuciosamente aumentou seus preços em 10%. Este ciclo acaba resultando em fechamento de empresas, desemprego e um mercado inflacionado. Todo mundo perde.

8_ Faça o que você gosta de fazer e o dinheiro virá. Você gostaria de ter seus dentes tratados por um dentista que detestasse seu trabalho? Você gostaria de ter seu carro consertado por um mecânico que detestasse consertar carros? O entusiasmo cria riqueza.

9_ Faça sua caridade secretamente. Quando fizer alguma coisa por alguém por pura bondade de coração, procure permanecer anônimo, de modo que a pessoa não saiba a quem agradecer. O beneficiário não terá escolha a não ser agradecer a Deus. Se você fizer de Deus o devedor, ganhará um titulo que pagará dividendos isentos de impostos em proporções infinitas. A fonte infinita multiplica extremamente o bem que fazemos.

10_ Seja grato. A gratidão é a Lei Cósmica do Aumento. Uma lamentação registra a idéia de desamparo na consciência. Se você se sentir desajustado ou inadequado, terá abdicado de sua herança. Toda vitima tentará ser resgatada por qualquer um que passe. A queixa mais comum que ouvimos hoje em dia é: ‘isso não é justo’. A quem esta queixa é dirigida? Deveria o Cósmico interferir e nos dar uma nova mão de cartas? O jogo de ‘poker’ da vida é um jogo de ‘confiança’. Você pode na realidade ter a melhor mão da mesa, mas jogar tão mal que perca a aposta. Se alguma coisa está errada, você deve corrigi-la. Afinal, em primeiro lugar, ela integra a sua realidade, existe porque você a colocou aí. Se você desafiar sua própria mente, nunca vai dar atenção a desafios.

11_ Não confunda o recipiente com o conteúdo. Se você gosta de alguma coisa, tenha a sabedoria de reconhecê-la em sua forma substantiva. Uma embalagem elaborada só serve para aumentar o preço. Às vezes é um disfarce engendrado para ocultar um produto inferior. Se você sabe do que é que gosta, não precisa de que isso lhe seja vendido pelos outros. É mais rico aqueles cujos prazeres são mais baratos.

12_ Prepare sua mente para aceitar a riqueza. O medo do sucesso está baseado no medo da responsabilidade, amplificado pela atitude da hesitação. Como a nossa consciência cria tudo em nossa vida exatamente como programamos, tenha o cuidado de não ‘querer’ algo que realmente não deseje... porque vai ter precisamente isso.

13_ Aquilo que você focaliza se expande. Se você se preocupar com suas dividas e seus problemas, eles receberão o reforço da luz de sua consciência e se expandirão proporcionalmente. Concentre-se em possibilidades e energize a luz de sua consciência de modo que as manifeste em sua vida. Se você quer mudar suas circunstancias, mude sua mente. Escolha a consciência da riqueza!
-
[Texto de Nelson H.Harrison]

Nenhum comentário:

Postar um comentário